Landing Page

Um dos principais objetivos do proprietário de um negócio/empresa é, naturalmente, chamar a atenção de possíveis clientes, colaboradores e fornecedores. A produção de conteúdo relevante na Internet poderá gerar esse interesse: o cliente conhece a sua empresa e o que ela oferece, interessa-se por ela e é convencido a comprar. Este efeito persuasivo está dependente do contacto regular com o visitante. Não basta que ele visite o seu blogue ou o seu perfil numa rede social apenas uma vez. 

E aqui surge a grande questão: como fazer isso? Como capturar a atenção do visitante e, quem sabe, dar o primeiro passo para conquistar um novo cliente? Uma landing page pode ser uma peça-chave nesta estratégia. Sem uma boa landing page, é provável que se percam valiosas oportunidades. Nesse caso, aqueles que visitam o seu website ou blogue serão apenas isso: visitantes e não clientes.

O que é uma landing page?

Originalmente, o termo landing page define todas as páginas que um utilizador acessa para entrar num website. Podemos traduzir landing page por “página de destino”. Neste sentido, se um utilizador procura por um determinado assunto num determinado motor de busca e acessa um post de um blogue, por exemplo, esse post será uma página de destino. Porém, no contexto de marketing digital, o conceito é um pouco diferente. Uma landing page pode cumprir diferentes objetivos dentro de uma estratégia de marketing digital, mas o principal é gerar leads.

O que são leads?

Leads são potenciais clientes, pessoas que têm contacto com a sua marca, produtos e serviços e que podem vir a ter interesse na compra, tornando-se clientes reais. Enquanto “página de destino”, a landing page leva o utilizador à ação desejada. A verdade é que, quando bem feita, uma landing page pode converter pessoas em oportunidades de negócio, fazendo com que os visitantes não sejam apenas visitantes, mas clientes, leads ou oportunidades. Quando consegue informações de contacto de um potencial cliente, pode relacionar-se com ele e entender se tem o perfil de cliente ideal, isto é, aquele que vai para além da compra única, que se fideliza. No fundo, uma landing page permite a otimização de processos e estabelecimento de confiança e empatia.

Título e subtítulo

Estudos revelam que oito em cada 10 pessoas que chegam a uma página leem apenas o cabeçalho. Apenas duas em cada 10 lerão o resto. Tendo isto em conta, percebemos que os principais elementos de uma página são, de facto, o título e o subtítulo. Estes elementos devem refletir clara e diretamente a proposta de valor da sua oferta para que quando um visitante chega à sua página, perceba de imediato do que se trata.

Imagem

Diz-nos o ditado que “uma imagem vale mais que mil palavras” e as landing pages não fogem à regra! O conteúdo imagético é muito importante, pelo que uma imagem genérica que não coincida com aquilo que está escrito pode atrapalhar. Evite generalismo ou imagens de bancos de imagens que já foram muito usadas. Invista numa imagem que reflita os valores do seu negócio.

Descrição

Uma landing page deve ser o mais sucinta e explícita possível para que os visitantes não tenham dúvidas. Neste sentido, deve:

  • Escrever frases curtas, fáceis de ler (uma frase = uma ideia);
  • Escolher quatro ou cinco aspetos mais importantes sem usar blocos muito longos de texto;
  • Destacar termos relevantes a negrito;
  • Falar de benefícios, não de funcionalidades (exemplo: em vez de dizer “ 5 000m² de área útil”, usar “5 000m² com diversas opções de diversão para toda a família”);
  • Usar vídeos explicativos curtos, caso seja difícil explicar através de texto.

Título, imagem e descrição são elementos essenciais e funcionam para todas as landing pages. No entanto, há outros elementos que pode usar para distinguir a  sua landing page das concorrentes:

  • Direcione o olhar do visitante

Use outros tipos de direcionamentos no site, como setas ou linhas de força. O olho humano costuma seguir esses indicativos e isso pode influenciar na decisão do possível cliente.

  • Testemunho

Recolha testemunhos de pessoas que compraram algum produto/serviço ou encontraram algum valor no seu negócio. As pessoas tendem a acreditar em produtos/serviços que outras já recomendaram. Acompanhe os depoimentos com fotografias de quem os fornece. Pessoalizá-los trará confiança e fará com que acreditem mais neles.

A Young Minho Enterprise presta serviços de criação de websites. Ainda não está convencido? Visite o nosso portfólio ou algumas páginas que temos em mãos, como a TecniBuild e BabeliUM.