Gere Sempre o Relacionamento com o Cliente

Todas as estruturas empresariais têm como objetivo principal satisfazer as necessidades do cliente. É ele o principal responsável pela manutenção da atividade da empresa, pois sem clientes, não existe estrutura que resista. A Young Minho Enterprise não é portanto, exceção a esta regra. 

Tal como diz o ditado, “o cliente tem sempre razão”, por isso, no mercado cada vez mais nivelado em que vivemos, com inúmeras empresas a venderem os mesmos produtos, com preços igualmente competitivos, existem pequenos pormenores que vão fazer a diferença entre escolher A ou B. Surge aqui a importância do relacionamento com o cliente, pois a partir do momento em que iniciamos as negociações urge a necessidade de transmitir que aquela não será apenas mais uma proposta, mas sim A PROPOSTA. 

Apesar de às vezes não parecer, o ser humano é extremamente ligado a emoções. Por isso, existem formas de chegar ao subconsciente do cliente através de informação relativa ao funcionamento da empresa no momento atual que vivemos. Sensibilidade nos timings de pagamento de acordo com as características da empresa com que negociamos mas, principalmente, demonstrar ao cliente que estaremos sempre por perto e atentos às suas necessidades e, se fizer sentido, reatar negociações para novos serviços sempre que ambas as partes pretenderem. 

Enquanto diretor de um departamento intimamente ligado à vertente comercial, sempre procurei incutir isso nos meus membros, que estivessem sempre 100% disponíveis para os nossos clientes através das plataformas online, ou a partir do mais tradicional e, a meu ver, mais eficiente método: o contacto telefónico. Muitas vezes, uma chamada na altura certa poderá fazer diferença para o conquistar de uma relação com um cliente.

Na minha ótica, ser comercial é muito mais do que apenas números e vendas. É, tal como o título indica, gerir toda uma relação com um cliente, com base na confiança que se constrói a partir do momento em que falamos pela primeira vez. É sermos sempre transparentes com ele, pois é necessário ter em conta que os recursos são escassos e as necessidades são ilimitadas.