fbpx

4 dicas para um currículo perfeito

ter um bom currículo

Anseias um emprego onde vistas uma gravata todos os dias? Desejas um emprego onde possas ir de chinelo de dedo? Para as duas opções divergentes existe um cartão de entrada em comum: o teu currículo.

Assim, deixamos-te com 4 dicas cruciais para teres um bom currículo.

1 — Números, resultados e competências

No teu currículo, foca-te em factos e em tudo o que fizeste. Os números protegem-te e não mentem, demonstrando de forma natural as tuas valências.

2 — Experiências académicas, profissionais e lado B

Descreve três tipos de experiências no teu currículo: experiências académicas (curso, formações e workshops) e experiências profissionais (trabalhos que tenhas feito na área). O lado B é tudo o que fazes como hobby e atividades extracurriculares.

3 — Não uses o formato Europass para construir o teu Curriculum Vitae

É um formato pouco adequado, apesar de ter sido aceite por vários países como o formato-tipo. Apresenta vários problemas: é difícil de ler; não é personalizado e muitas vezes não tem conteúdo relevante.

4 — Não ultrapasses as 2/3 páginas

Não tornes o teu currículo em algo muito extenso. Apresenta-te de forma resumida, incisiva e objetiva.

 

Não te esqueças: “O teu currículo é uma entrevista de 30 segundos.” Aproveita-os bem.