As vantagens e dicas do E-Mail Marketing

Tal como já abordado no artigo anterior, o E-Mail Marketing é uma estratégia de comunicação direta que poderá ser benéfica para o seu negócio. Contudo, além de ter conhecimento dos seus benefícios, importa demarcar várias dicas a ter em conta, enquanto se recorre a esta metodologia. Venha descobrir mais!

Bots nas Redes Sociais – O Caso do Facebook

No artigo da última semana, foram abordados os vários tipos de bots nas redes sociais e como estes podem influenciar positiva ou negativamente a nossa navegação no mundo digital.
Apesar de estes não serem vistos como a melhor forma de atendimento pela maior parte dos consumidores, os bots têm-se revelado um recurso cada vez mais importante, principalmente para empresas de grande escala que necessitam de fornecer atendimento a milhares de clientes nas redes sociais. Assim, os bots constituem uma realidade nas estratégias de comunicação de muitas marcas nas redes sociais, principalmente no Facebook. A partir deles, conseguem otimizar o atendimento ao cliente e evitar que este não veja respondida a sua questão.
Assim, no artigo desta semana, será abordada a maneira como os bots da rede social mais utilizada no mundo podem ser utilizados na estratégia de marketing de uma empresa.

Engagement Marketing: a hora da conexão chegou.

Engagement Marketing, também conhecido por Marketing Experiencial, corresponde à forma como os consumidores se conectam com a marca, em forma de reações e compartilhamentos. Esta tipologia de Marketing visa incentivar as pessoas a fomentar a evolução da marca, no que toca ao envolvimento com o cliente, de forma a que este assuma um papel de agente de Engagement Marketing.
O Marketing Experiencial distingue-se das estratégias tradicionais de marketing e do marketing direto, uma vez que os clientes têm a capacidade de escolher quais mensagens querem receber e em que canais. O Engagement Marketing inicia-se, portanto, a partir do momento em que o consumidor reage à marca e desencadeia um diálogo – por exemplo, quando pede mais informações sobre o produto proporcionado pelo negócio em questão.

Como aplicar o Marketing Mix na sua estratégia?

No artigo da semana passada, teve a oportunidade de compreender o que é o Marketing Mix e qual a sua importância na base de um bom plano de marketing. Utilizando este conhecimento como ponto de partida, poderão consolidar-se os conceitos e construir uma estratégia eficaz! A partir daqui, e já com os pilares definidos, o marketeer poderá começar a trabalhar nela. No artigo desta semana, referimos como poderá aplicar os 4 P’s de modo a obter vantagem significativa e reforçar o seu plano de marketing.

Marketing Mix e a sua aplicação num Plano de Marketing

O Marketing Mix é um conceito que define os quatro pilares básicos de qualquer estratégia de marketing bem-sucedida. Este conceito é também conhecido como os 4 P’s do marketing.
Neste artigo, iremos mostrar como é que este pode ser utilizado como base do plano de marketing, de modo a que o produto e a empresa possam crescer e expandir no mercado!

Buzz Marketing: como atingir a atenção do público-alvo?

Buzz Marketing consiste numa das muitas estratégias de Marketing existentes, responsável pela apreensão da atenção do público-alvo, com o intuito de que o mesmo aborde a campanha ou o produto, no seu dia-a-dia, de forma totalmente intencional. Esta técnica recorre a estímulos mentais e emocionais, de forma a ser capaz de colocar o nome da marca na “boca do povo”, em prol de obtenção de respostas positivas, a curto, médio ou longo prazo.
O Buzz Marketing que, de modo geral, é um método para gerar diálogo, é imprescindível para chegar, de uma forma cativante, à sua audiência e, acima de tudo, melhorar o negócio. Neste artigo, venha descobrir tudo sobre esta vertente estratégica de Marketing.

5 mandamentos de self promotion no LinkedIn

A escolha de um canal de comunicação para expor o nosso trabalho profissional deve ser algo pensado e decidido com base em justificações que vão de encontro aos nossos objetivos pretendidos. 

O LinkedIn tem vindo a crescer exponencialmente desde 2017, sendo que, atualmente, qualquer pessoa que esteja prestes a ingressar no mercado de trabalho, sente-se no dever de marcar presença no LinkedIn. Neste momento, caracteriza-se pelo papel estratégico tanto para empresas quanto para profissionais. Criando assim uma conexão com outras empresas que possam achar interessante aderir à causa, trazendo boa publicidade. 

Rebranding Completo: o que é e como pode mudar o seu negócio

Muitas vezes, é necessário recorrer a medidas extremas para inovar e levar um negócio para a frente. Essa mudança pode passar exatamente por uma transformação total da imagem do negócio!
Ainda que possa ser benéfico para algumas, um novo desenho de marca não é o adequado para todas as empresas. De facto, algumas empresas podem até ser prejudicadas com uma má execução de uma nova imagem da marca, o que significa que, antes de se decidir efetuar um rebranding completo, devem analisar bem a sua situação e como devem proceder.

Um rebranding parcial para o seu negócio

A essência de uma mudança não é algo evidente, logo de partida. Na verdade, o segredo da mudança não é dedicar todas as nossas capacidades e tentar lutar contra o passado, mas sim, contemplar um horizonte novo e construir as suas bases.
Neste artigo, abordaremos a segunda das três categorias de rebranding de uma marca: o rebranding parcial, que poderá analisar, com maior brevidade, no artigo “Amanhã não seremos o que fomos nem o que somos”

Mudar ou atualizar a sua marca?

O mundo dos negócios vive em constante mudança. É preciso adequar-se às necessidades do seu público, acompanhar as variações do comportamento de consumo e a evolução do mundo. Uma das soluções utilizadas para acompanhar esta mudança é o rebranding da sua marca. Nesse cenário surge a questão: mudar ou atualizar a sua imagem?