Websites de E-Commerce e a moeda do expansionismo

 

Um website é uma ferramenta, composta por várias tipologias, com imenso valor para a expansão de vendas e alcance de novos clientes, para todos os empreendedores e empresários. A verdade é que, boa parte dos consumidores procuram informações de produtos ou empresas, do seu interesse, na Internet. A criação de um site é a ferramenta chave para estabelecer contacto entre o consumidor e o vendedor, além de que ajuda na promoção de todo o tipo de negócios.

Produtos vendidos em Websites de E-Commerce

A possibilidade de se efetuarem vendas, em formato digital, possibilita às empresas de comercializar um leque variadíssimo de produtos, alguns dos quais não seria possível adquirir numa loja física.

  • Bens físicos: Aqui, englobam-se todo o tipo de produtos como alimentação, vestuário, acessórios, produtos de beleza, etc. Os vendedores promovem os seus produtos no site e o consumidor, após visita ao website, pode requisitá-los para si.
  • Serviços: Uma panóplia de serviços pode ser vendida em formato eletrónico, como consultoria, tutorias ou aulas.
  • Produtos digitais: Cursos online, músicas, podcasts ou até softwares podem ser vendidos em sites de comércio digital, atingindo um reconhecimento cada vez mais notório.

Tipos de websites de E-commerce

As várias tipologias de E-commerce servem para ajudar na compreensão do negócio no mercado digital, bem como no auxílio na escolha da plataforma adequada. Independentemente das suas características, todos os negócios necessitam de um planejamento estratégico, com vista na distinção dos outros concorrentes. Por este motivo, surgem as seguintes categorias:

  • Business-to-consumer (B2C): Permite a troca de bens ou serviços entre uma empresa e um consumidor. Um simples exemplo de um website de Business-to-consumer é a compra de uma camisola numa loja online.
  • Business-to-business (B2B): Esta plataforma ajuda na transferência de vendas entre duas empresas, por exemplo, uma empresa que faça um tipo de produto vende a outra empresa, mais pequena, que vende o mesmo.
  • Business-to-administration (B2A): Este tipo de website resolve trocas eletrónicas entre uma organização e uma instituição pública. Uma transação digital entre uma empresa e o governo introduz-se nesta tipologia de website de e-commerce.
  • Consumer-to-consumer (C2C): Este website, também conhecido como Marketplace, organiza-se como a transação de produtos entre dois ou mais consumidores, como acontece em sites como o ebay.
  • Consumer-to-business (C2B): Aqui, os consumidores oferecem algum serviço protagonizado por si, a uma determinada empresa. Um exemplo deste tipo de websites encontra-se na existência de um CEO freelancer que trabalha com empresas de um setor em particular.
  • Consumer-to-administration (C2A): Idêntico à tipologia de Business-to-Administration, este website passa pela transferência de informações, serviços ou produtos a uma administração pública, como é o caso do pagamento do IRS ao Estado.

Construção de Websites E-Commerce- Plugins

Os Websites E-Commerce comportam-se de uma forma distinta, comparativamente aos outros tipos, por possuírem uma loja online, capaz de se efetuarem compras e encomendas. Por esse motivo, a construção deste tipo de website passa pela exploração de plugins específicos, de forma a ser possível efetuar os serviços. 

Relativamente a esses plugins, os principais a ter em conta devem ser aqueles responsáveis pelo funcionamento dos serviços de venda, dos de pagamento por via eletrónica, e dos que estabelecem conexão com as redes sociais da empresa proprietária do website.

  • Woocommerce: Este é um plugin de E-commerce, que permite o funcionamento e sustentabilidade da loja online.
  • Multibanco, MB Way e Payshop: Estes plugins tratam da sincronização dos métodos de pagamento, por via de IfthenPay, isto é, por uma plataforma que permite criar, de formas simplificadas e seguras, referências de multibanco.
  • Facebook for Woocommerce: Neste tipo de plugin, concede-se a combinação dos produtos existentes na loja online com o Facebook.

Em suma, a construção de um website de e-commerce demonstra-se mais complexa e morosa do que a criação de outro tipo de websites, contudo, o seu alcance e a sua diversidade tipológica é capaz de encontrar diferentes pontos de crescimento e relevância. Este tipo de websites pode proporcionar a um negócio a expansão que precisa e, por isso, tal como sublinha Jeff Benzos, criador da empresa online Amazon, “um dos únicos caminhos para sair de uma caixa apertada é inventar a sua saída”. Reinvente-se e faça da sua imaginação e idealização, realidade!

A Young Minho Enterprise presta serviços de criação de websites.

Ainda não está convencido? Visite o nosso portfólio ou algumas páginas que temos em mãos, como a TecniBuild e BabeliUM.